fbpx
0

Por que nosso cérebro confunde medo, atração e paixão?

Experimento mostrou que, quando se trata de reconhecer sentimentos, nosso cérebro às vezes se confunde. Todo muito que já se apaixonou alguma vez na vida é capaz de identificar alguma dessas sensações: os batimentos cardíacos aceleram, a respiração fica ofegante e as palmas das mãos podem ficar mais úmidas quando...

0

Como a internet pode transformar e afetar o nosso cérebro?

  Segundo um estudo, quem não sai da internet faz muitas coisas, mas não se fixa a nada. Pesquisadores de nove universidades, entre elas as respeitadas Oxford e Harvard, decidiram avaliar o que já se sabe com alguma consistência acerca do impacto da internet sobre nossa cognição —o processo de...

0

Pesquisa neurocientífica comprova que a paixão cega.

“A paixão é cega”. “Quando estamos apaixonados, ficamos encantados pelo outro”. Essas são frases que provavelmente você já deve ter ouvido falar, e é a mais pura verdade. Ficamos REALMENTE ENCANTADOS (no sentido literal da palavra). Quando estamos apaixonados, nosso cérebro libera neurotransmissores relacionados ao prazer. São exatamente os mesmos...

0

Uma perda é uma perda, porque categorizar?

Vamos olhar para dois cenários que foram mostrados para dois diferentes conjunto de participantes de um estudo dos anos 80. 1. Imagine que você decidiu ver uma peça que a entrada é $15 por bilhete. Conforme você entra no teatro, percebe que você perdeu o bilhete. Você ainda pagará $15...

0

Como o córtex pré-frontal nos ajuda na formação de memórias?

Memória de trabalho é um termo utilizado na ciência para demonstrar o tipo de informação que é guardado na cabeça durante apenas alguns segundos, e geralmente é utilizado enquanto estamos trabalhando. Alguém fala para você uma lista de itens e você precisa memorizar eles por alguns segundos enquanto anota em...

0

O cérebro precisa se “emocionar” para aprender.

Novas experiências no ensino visam o fim das aulas palestradas. Uma das tendências é a neurodidática. Em 2010, uma equipe de pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), em Boston, colocou um sensor eletro-térmico no pulso de estudante universitário de 19 anos para medir a atividade elétrica de seu...

0

O cérebro consumista: A fronteira do varejo comportamental

Você consegue dizer por que faz uma compra? Qual o mecanismo cerebral que empurra você para o consumo? O WRC ofereceu boas respostas.  A neurociência quer entender porque compramos, como compramos e o que nos incentiva a ir às compras. O que realmente estimula as pessoas a fazerem qualquer coisa no seu...

0

Cientistas buscam entender no laboratório como surge a empatia.

Os resultados do estudo podem ajudar na criação de estratégias para estimular esse comportamento na sociedade. Para um dos psicólogos mais conceituados da história, a empatia é muito mais do que um sentimento, ela é um processo. Carl Rogers, um dos precursores da abordagem humanista da psicologia, defendia que o...