fbpx

Cresça e apareça em cada tela

Em uma era em que nos deparamos com gifs, emojis e vídeos pelas redes sociais, maior o uso da mídia mobile e aos poucos, a televisão retorna, através da tecnologia smart. Sempre temos duas telas ligadas simultaneamente, logo requerendo respostas imediatas para o cérebro. Ou seja: você não vai desenhar para uma única tela e sim, para várias.

Consequentemente, você tem que priorizar mais do que nunca, as imagens do que os textos: ler numa tela de smartphone, nunca foi uma missão fácil, por mais que o mercado de smartphones tenha sido bombardeado pelos ditos “phablets”. Em anúncios voltados para mídia móvel, por exemplo, se tiver texto, no máximo vamos conseguir processar entre cinquenta a cem caracteres. Disso, se você quer demandar por textos, o ideal é que você faça pequenas ações de social media para conduzir o cliente até um site (ou hot site) responsivo.

Ou, se você for fazer anúncios de vídeo para introduzir em plataformas como YouTube e Facebook, faça um conteúdo que dure no máximo 45 segundos, com linguagem simples e gráficos minimalistas, em layout de orientação paisagem: a segunda plataforma é que a mais irrita a maioria dos usuários, por não
poder interromper o anúncio, então, seja exato no seu conteúdo, sem desgastar o cérebro reptiliano.

Afinal de contas, o mundo já conta com mais de 7 bilhões de smartphones e satisfazer o consumidor no e-commerce, é fundamental, principalmente na customização e personalização de produtos e serviços: não temos o tato, mas temos o touchscreen. Então, que tal investir no 3D? Conveniência é algo que o cérebro pede e o mercado agradece!

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *