fbpx

O Pricing e Suas Variáveis

Pricing é fundamental para o sucesso de uma empresa; Também é difícil estabelecer de uma forma que garanta a rentabilidade. As empresas devem revisar constantemente os preços para maximizar os níveis de lucro e, ao mesmo tempo, manter as estratégias de desenvolvimento sob controle. Mesmo que a fórmula certa pareça que está pregada, circunstâncias além do controle da empresa podem colocar uma chave no plano.

Subestimação (Underpricing)

Subestimar um produto é tentador quando o empresário está ansioso para competir; Ele supõe que os preços baixos aumentarão o volume de vendas. No entanto, os bens baratos são percebidos pelos clientes como baratos. Muitos clientes optarão por comprar da concorrência mais cara, acreditando que o item é de melhor qualidade. O underpricing também é uma estratégia complicada de longo prazo; o dono de uma empresa tem uma margem fina com a qual ele pode cobrir os custos e trazer lucro para casa. Uma empresa dependente de preços baixos exigirá um fluxo constante e contínuo de vendas de alto volume para permanecer nos negócios.

Superfaturamento (Overpricing)

Os consumidores são mais experientes em termos de preço, e um produto superfaturado ficará na prateleira se a concorrência o vender mais barato. Por mais que os clientes procurem qualidade, eles também protegem suas carteiras. Mercadoria superfaturada levará a uma diminuição nas vendas, pois é possível precificar produtos além da capacidade e disposição de pagar do cliente.

Outras prioridades de negócios

Um foco na precificação que produz lucro pode prejudicar outras prioridades de negócios. A estratégia de longo prazo da empresa pode incluir a maximização de sua participação no mercado; para conseguir isso, pode introduzir um ponto de preço que consiga menos lucro, mas aumenta o volume de vendas. Desenvolver uma reputação de produtos de alta qualidade pode exigir um aumento nos custos de produção para produzir um item de luxo. Durante uma recessão, a empresa pode sacrificar suas metas de lucro e reduzir os preços para manter um fluxo de receita que os mantém no negócio. Ir além da margem de lucro para observar as outras prioridades da empresa é estrategicamente necessário.

Fatores externos

Como o preço é tão fundamental para a saúde de uma empresa, fatores externos podem influenciar diretamente a lucratividade. Uma empresa que vende alimentos terá seus custos aumentados quando as safras falharem ou forem arruinadas por desastres naturais; os preços terão que subir como resultado, fazendo com que os clientes mudem seus hábitos de compra. Mesmo que a empresa sobreviva à falta de vendas, quando seus custos diminuírem novamente, ela poderá ser forçada a baixar os preços para recuperar os clientes perdidos. No final das contas, não basta etiquetar: tem que qualificar.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *